CONTRIBUTOS DA MATEMÁTICA PARA A RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS – SELECIONADOS

23 Abr

CONTRIBUTOS DA MATEMÁTICA PARA A RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS

Data da Realização: 12, 26 de maio e 2 de junho de 2018, das 9h às 14h.

FORMADOR Luís Freitas Rodrigues

JUSTIFICAÇÃO DA AÇÃO

Esta formação foi proposta tendo em consideração que a maioria dos docentes que não são da área de Matemática têm grandes reticências em trabalhar com cálculos e fórmulas relativas a conversões, percentagens, tabelas de distribuições, probabilidades, contagens, etc.
Assim, pretende-se mostrar que alguns conceitos matemáticos e algumas ferramentas podem contribuir para realizar cálculos e medidas estatísticas e probabilísticas de uma forma muito simples e rápida, sem exigir grande esforço ou grandes conhecimentos da disciplina de Matemática.

DESTINATÁRIOS

Docentes de todos os setores e grupos de recrutamento, exceto docentes do grupo 500

METODOLOGIA

A formação terá uma componente expositiva e prática. Nas sessões será pedido aos formandos a realização de exercícios em grupo, nas modalidades de descoberta guiada, e serão realizadas pequenas fichas de trabalho individuais ou em grupo, utilizando ou não a calculadora e/ou o telemóvel.
Os formandos terão também de realizar tarefas ligadas à atividade docente, nomeadamente: criação de tabelas, estatísticas e cálculo de valores, utilizando a calculadora/telemóvel na resolução de problemas de probabilidades, de funções, de contagens e outros ligados à área disciplinar de cada docente.

CONTEÚDOS

– Noção de percentagem e cálculo de percentagens;
– Números, cálculo e prioridades das operações;
– Elaboração de tabelas de estatística e organização de dados isolados;
– Medidas de tendência central e medidas de dispersão;
– Utilização de calculadora como ferramenta auxiliar na resolução de problemas;
– Regressões lineares e quadráticas na resolução de problemas;
– Contagens e processos de contagens;
– Noção de probabilidades e cálculo de probabilidades num contexto de resolução de problemas;
– Distribuição Binominal e Normal na resolução de problemas concretos;
– As funções racionais na resolução de problemas;
– As funções exponencial e logarítmica. Noção de logaritmo.
-As progressões aritméticas e geométricas e a utilização das suas propriedades na resolução de problemas;
– Problemas de regressões.

AVALIAÇÃO DOS FORMANDOS

Os formandos serão avaliados conforme estipulado na Carta Circular CCPFC -3/2007 da responsabilidade do Conselho Científico- Pedagógico da Formação Contínua.
«Excelente – de 9 a 10 valores;
Muito Bom – de 8 a 8.9 valores;
Bom – de 6.5 a 7.9 valores;
Regular – de 5 a 6.4 valores;
Insuficiente – de 1 a 4.9 valores.»
A avaliação será realizada da seguinte forma:
– participação dos formandos e execução de trabalhos individuais e de grupo realizados no decorrer das sessões (55%);
– trabalho final (45%).

Inscrições a partir da data indicada, aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.