“Educação Inclusiva e a promoção do sucesso escolar: um caminho que se faz caminhando”

10 Set

– 25 horas, em processo de acreditação pelo CCPFC

Data da Realização

Sessões presenciais (15 horas):

  • 10, 17 e 24 de outubro: das 09h00 às 13h00;
  • 31 de outubro: das 09h00 às 12h00.

Sessões assíncronas (10 horas): de 10 a 31 de outubro.

FORMADORA

Ângela Freitas

DESTINATÁRIOS

 Docentes de todos os grupos disciplinares

METODOLOGIA

1. Exposição/Apresentação teórica e teórico-práticas.

2. Metodologia diversificada, privilegiando os métodos ativos centrados no envolvimento ativo (cognitivo e motivacional) dos formandos no processo de aprendizagem (ex.: brainstorming; dinâmicas de grupo; debates e trabalho de grupo).

   2.1. Trabalho individual e a pares.

       2.1.1. Partilha de pontos de vista e apresentação das conclusões.

   2.2. Trabalho de grupo.

      2.2.1. Discussão em pequeno e em grande grupo.

O curso de formação de 25 horas, em regime de B-Learning, é composto por sessões presenciais (15 horas) no SPM e sessões assíncronas (10 horas) na Plataforma LMS Microsoft Teams. Será adotada uma metodologia teórico-prática privilegiando-se os trabalhos em grupo e as tarefas de caráter prático, de modo a que no final da ação possa reunir-se um conjunto de instrumentos facilitadores da prática, não só de quem frequentou esta ação, mas também de outros docentes que trabalhem de modo colaborativo com estes formandos.

CONTEÚDOS

Acolhimento e contextualização (1hora)

– Apresentação dos formandos e da formadora

– Apresentação e explicitação das modalidades de avaliação e dos conteúdos a abordar ao longo da formação

      – Questões prévias fundamentais

2. Enquadramento teórico Educação Inclusiva (2 horas)

2.1. Suporte legal: Decreto-Legislativo Regional n.º 11/2020/M, de 29 de julho

3. Opções metodológicas (1hora)

3.1. Abordagem multinível

3.2. Desenho Universal para a Aprendizagem

4. Medidas de suporte à aprendizagem e à inclusão (3horas)

4.1. Medidas universais

4.2. Medidas seletivas

4.3. Medidas adicionais

5. Recursos específicos de apoio à aprendizagem e à inclusão (3horas)

  1.  Os docentes de educação especial
    1.  Os docentes de LGP
    1.  Os técnicos superiores especializados
    1.  Os assistentes técnicos e operacionais na área de apoio educativo especializado
    1.  A equipa multidisciplinar de apoio à educação inclusiva
    1.  O centro de apoio à aprendizagem
    1.  As escolas de referência no domínio da visão
    1.  As escolas de referência para a educação bilingue de alunos surdos
    1.  As instituições de educação especial
    1. Os centros de recursos educativos especializados
    1. A equipa de intervenção precoce na infância
  2. Mobilização de medidas de suporte à aprendizagem e à inclusão: casos práticos (10 horas)

      6.1. Solicitação da participação de técnicos especializados na Equipa Multidisciplinar de Apoio à Educação Inclusiva (EMAEI)

      6.2. Solicitação da equipa de intervenção precoce na infância na EMAEI

      6.3. Identificação de medidas de suporte à aprendizagem e à inclusão

      6.4. Lista de verificação de acomodações curriculares

      6.5. Relatório Técnico Pedagógico

6.6. Programa Educativo Individual

6.7. Plano Individual de Transição

6.8. Plano Individual de Intervenção Precoce

6.9. Questões para a exploração de potencialidades, expetativas e necessidades da perspetiva do aluno

6.10. Acompanhamento, monotorização e avaliação

7. Estratégias de ensino e aprendizagem direcionadas para a promoção do sucesso escolar (4 horas)

      7.1. Estratégias para captar e manter a atenção dos alunos

7.2. Estratégias para desenvolver a comunicação e a linguagem

7.3. Estratégias para promover a leitura e a escrita

7.4. Apresentação, reflexão e partilha de materiais e dos trabalhos produzidos

8. Finalização: Avaliação (1hora)

       – Conclusões, balanço das aprendizagens efetuadas e reflexão crítica final

       – Avaliação final da ação de formação e da formadora.

Número total de horas de formação: 25 horas (15h presenciais + 10h assíncronas)

AVALIAÇÃO DOS FORMANDOS

Os formandos serão avaliados conforme estipulado na Carta Circular CCPFC -3/2007 da responsabilidade do Conselho Científico

Pedagógico da Formação Contínua.

«Excelente – de 9 a 10 valores; Muito Bom – de 8 a 8.9 valores;

Bom – de 6.5 a 7.9 valores;

Regular – de 5 a 6.4 valores;

Insuficiente – de 1 a 4.9 valores.»

Avaliação da Ação de Formação e do trabalho da Formadora pelos Formandos, de acordo com os seguintes itens:

 1. Desenvolvimento da ação,

 2. Duração prevista

 3. Pertinência dos conteúdos desenvolvidos

 4. Metodologia adotada

 5. Impacto dos temas desenvolvidos

 6. Avaliação global da ação

 7. Observações (aspetos positivos/negativos e sugestões).

Será, também, realizada a avaliação da ação de formação pela Formadora.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.