Aprendizagens Essenciais de Português: Avaliação por Domínios

2 Fev

– 13 horas em processo de acreditação pelo CCPFC


Data da Realização:

Dias 27 de fevereiro e 13 de março: das 9h00 às 13h00;

Dia 6 março: das 9h00 às 14h00.

FORMADOR

José António Correia de Sousa

DESTINATÁRIOS

Docentes de português dos 2.º e 3.º Ciclos

METODOLOGIA

            A formação proposta será essencialmente prática. Nas sessões, serão apresentados modelos/exemplos dos conteúdos abordados com vista à execução do teste de avaliação (trabalho final), a partir de uma matriz, assim como os critérios de correção e grelha de classificação (exercícios). Na última sessão, cada formando apresentará brevemente o seu teste de avaliação.

OBJETIVOS (GERAIS/ESPECÍFICOS)

  • Objetivos Gerais:

– Elaborar instrumentos de avaliação por domínios, tendo por referência as Aprendizagens Essenciais de Português (2.º e 3.º CEB).

– Construir itens de avaliação de diferentes tipologias.

– Estruturar um teste de avaliação de acordo com a realidade dos alunos.

– Uniformizar critérios e ponderar cotações de questões.

– Promover a construção de instrumentos de avaliação como meio para a melhoria do processo de ensino e aprendizagem.

– Promover o sucesso escolar dos alunos.

– Promover a troca de experiências e encontrar soluções comuns.

  • Objetivos Específicos:

– Explorar as Aprendizagens Essenciais de Português (2.º e 3.º CEB).

– Conhecer diferentes tipologias de questões.

– Elaborar matrizes de testes de avaliação.

– Construir itens de avaliação de diferentes tipologias.

– Elaborar um teste de avaliação com os diferentes domínios do Português.

– Elaboração critérios de correção e cotações do teste de avaliação.

– Criar uma grelha de classificação no MS Excel.

– Apresentar e avaliar criticamente o teste de avaliação criado.

CONTEÚDOS

  1. Introdução e enquadramento. (1 horas)
    1. Apresentação da ação de formação.
    1. Exploração dos documentos das “Aprendizagens Essenciais de Português”
    1. Verbos de instrução/comando.
  2. Diferentes tipologias de itens. (1 hora)
    1. Itens de seleção.
    1. Itens de construção.
  3. Estrutura do teste de avaliação. (2 horas)
    1. Matrizes por domínios – exemplos.
    1. Elaboração da matriz do teste de avaliação.
  4. Domínio da oralidade (compreensão). (1 hora)
    1. Seleção do texto/áudio.
    1. Elaboração dos itens de avaliação.
    1. Elaboração dos critérios de correção.
  5. Domínio da leitura. (1 hora)
    1. Seleção do texto.
    1. Elaboração dos itens de avaliação.
    1. Elaboração dos critérios de correção.
  6. Domínio da educação literária. (1 hora)
    1. Seleção do texto.
    1. Elaboração dos itens de avaliação.
    1. Elaboração dos critérios de correção.
  7. Domínio da gramática. (1 hora)
    1. Elaboração dos itens de avaliação.
    1. Elaboração dos critérios de correção.
  8. Domínio da escrita. (1 hora)
    1. Seleção do tema.
    1. Elaboração de itens/parâmetros de avaliação.
    1. Elaboração dos critérios de correção e níveis de desempenho.
  9. Conclusão da ficha de avaliação. (2 hora)
    1. Correção da ficha de avaliação – documento.
    1. Elaboração da grelha de classificação (MS Excel).
  10. Apresentação breve das fichas de avaliação. (2 horas)

 AVALIAÇÃO DOS FORMANDOS

Os formandos serão avaliados conforme estipulado na Carta Circular CCPFC -3/2007 da responsabilidade do Conselho Científico Pedagógico da Formação Contínua

. «Excelente – de 9 a 10 valores;

Muito Bom – de 8 a 8.9 valores;

 Bom – de 6.5 a 7.9 valores;

Regular – de 5 a 6.4 valores;

 Insuficiente – de 1 a 4.9 valores.»

Os formandos serão ainda avaliados tendo em conta os seguintes parâmetros:

            – Avaliação contínua e frequência: assiduidade e pontualidade; interesse e responsabilidade; participação e comunicação; desenvolvimento pessoal e autonomia – 50%.

            – Trabalho da atividade formativa: elaboração de um teste de avaliação de Português – 50%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *